• ...   
 
cód.: 2023364865

Sob o céu vermelho

Marca:
--
Frete e prazo:
Pague com PIX
 PARCELAMENTO
1x R$72,79* 7x R$12,79*
2x R$37,79* 8x R$11,54*
3x R$26,13* 9x R$10,57*
4x R$20,29* 10x R$9,79*
5x R$16,79* 11x R$9,16*
6x R$14,46* 12x R$8,63*
*com juros de 3,99%
 PARCELAMENTO
1x R$70,00 com juros de 0,00% 7x R$10,00 com juros de 0,00%
2x R$35,00 com juros de 0,00% 8x R$8,75 com juros de 0,00%
3x R$23,33 com juros de 0,00% 9x R$7,78 com juros de 0,00%
4x R$17,50 com juros de 0,00% 10x R$7,00 com juros de 0,00%
5x R$14,00 com juros de 0,00% 11x R$6,36 com juros de 0,00%
6x R$11,67 com juros de 0,00% 12x R$5,83 com juros de 0,00%
*com juros de 0,00% no valor total do pedido
 Informações complementares

Ficha técnica:

Título: Sob o céu vermelho
Autor: Basílio Baran
Gênero: Romance
Capa: Marcelo Nunes
Ano de publicação: 2023
Edição: 1ª
Número de páginas: 464
Dimensões: 14 x 21 cm
Acabamento: brochura
ISBN: 978-65-980613-7-1

 

Sobre o autor:

Basílio Baran. O romance é sempre maior que o romancista. Gosta de Hitchcock, James Joyce e Roberto Bolaño. Escreve melhor do que fala. Sua primeira memória (falsa) é de um galo. Sua primeira memória (verdadeira) é de uma galinha. Gostaria de não ter um olho (o esquerdo, de preferência). Não fuma, muito pelo contrário. Ganhou alguns concursos e publicou algumas coisas: A máquina do tempo (Prêmio Luci Collin 2023, publicado na Biblioteca Pública do Paraná), Agosto (Prêmio SEMEL-Pinhais 2023), Manobrando os apóstolos (Prêmio FALARJ 2020), O Observatório (Faísca, 2020) e o livro Isolamento social e outros paradoxos (KDP). @basiliobaran no Instagram.

 

Sobre a obra:

Quando o mundo acaba, todo mundo tem que dar um jeito de continuar vivendo. Tiago olha ao redor e o mundo são só manequins e espelhos, toma qualquer ônibus em busca de respostas. Leandro, Yuri e Docinho são mais jovens, não se preocupam com isso, só com liquidar o mais rápido possível uma carga extraviada de maconha. Ana é mais jovem ainda, no seu quintal estouram rebeliões estudantis e as maiores lutas pela terra da história do Brasil. Separados por distâncias continentais, todos vivem no mesmo país, na mesma teia de metrópoles envolta por vazios incomensuráveis.
Em um romance que se aprofunda cada vez mais no Brasil camponês em busca de uma chave que decifre as contradições deste país paradoxal, Basílio Baran tece um mapa avassalador das lutas pela terra no Brasil, dos crimes do latifúndio e das ideologias que as sobrevoam.

 

(Leia a resenha do jornalista Bruno Inácio no nosso Blog)

 Comentários

  Seja o primeiro a comentar!

 Produtos relacionados

 Receba Novidades