• ...   
 
cód.: 2024385116

A OUTRA MULHER

(esgotado)
Marca:
--
Frete e prazo:
Pague com PIX
 PARCELAMENTO
1x R$62,39* 7x R$10,97*
2x R$32,39* 8x R$9,89*
3x R$22,39* 9x R$9,06*
4x R$17,39* 10x R$8,39*
5x R$14,39* 11x R$7,85*
6x R$12,39* 12x R$7,39*
*com juros de 3,99%
 PARCELAMENTO
1x R$60,00 com juros de 0,00% 7x R$8,57 com juros de 0,00%
2x R$30,00 com juros de 0,00% 8x R$7,50 com juros de 0,00%
3x R$20,00 com juros de 0,00% 9x R$6,67 com juros de 0,00%
4x R$15,00 com juros de 0,00% 10x R$6,00 com juros de 0,00%
5x R$12,00 com juros de 0,00% 11x R$5,45 com juros de 0,00%
6x R$10,00 com juros de 0,00% 12x R$5,00 com juros de 0,00%
*com juros de 0,00% no valor total do pedido
 Informações complementares
Ficha técnica:
Título: A outra mulher
Autora: Dina Dominick
Gênero: Contos
Capa: Marcelo Nunes
Ano de publicação: 2024
Edição: 1ª
Dimensões: 14 x 21 cm
Acabamento: brochura
Número de páginas: 128
ISBN: 978-65-981635-9-4

 

Sobre a autora:

Dina Dominick é de Belo Horizonte, graduada em Letras pela UFMG. Produz conteúdo sobre literatura através do perfil no instagram @dinamariadominick. Tem contos publicados no Jornal Relevo, na Revista Artes do Multiverso e em coletâneas da Editora Selo Off Flip. A outra mulher é seu livro de estreia.

(Foto da autora: @jbdsneto)

 

O que se disse sobre a obra:

"...aí, de repente, recebo um convite para escrever a orelha do livro. Vem junto com escusas, por ter supostos ares de uma intimação.

Não o é: é um prazer. Traz a justificativa de que eu, há uns 30 anos, fui o primeiro a detectar que ela era uma contista feita (com propensão para o romance, por que não?). Naqueles tempos pré-e-mail e zap, morávamos em estados diferentes e nos dávamos o trabalho de escrever cartas, que levávamos ao correio três ou quatro vezes por semana (eu, ocasionalmente, até duas vezes num dia!). Era um dedicado e criativo exercício mútuo de escrita e troca de afetividades. E eu, que acabara de publicar meu primeiro livro e até já mordiscara uns prêmios literários, a incentivava a desenvolver seu talento e aventurar-se também na Literatura. Ela resistia.

Resistiu até agora, quando nos brinda - enfim! -  com seu primeiro livro.

São contos que encantam, eivados de memórias, personagens misteriosos e envolventes, fluxos intermitentes de consciência e descrições minuciosas e sensíveis do que poucos olhos são capazes de ver. Uma escrita que já se apresenta madura, segura, com um estilo pessoal marcante e sedutor.

Dito isso, agora, faço eu o convite, como intimação: degustem!

(...que eu sigo aqui, honrado e todo besta, por assinar a orelha dessa obra que marca o nascimento tardio de uma potente escritora...)"

José Carlos Aragão

 

"Nos 22 contos do livro, o que encontramos é o cotidiano mineiro - muito caro ao coração dos brasileiros - que, à medida que os fatos vão se desenvolvendo ao redor do leitor, neles imerso, vai se abrindo ao pensamento reflexivo, à abstração e ao universal por meio do simbólico, do insólito e, no extremo, do fantástico.

A escritora transcende a tradição realista nacional sem romper com ela - e isso é muito! E isso é grande! E isso deve ser reconhecido."

Lucas Cafre, do canal Diário de Leitura (veja a resenha em vídeo completa no nosso Blog)

 

“Ótimo livro de estreia. Há quem diga que um conto tem que ter uma história que possa ser contada com poucas palavras, com um final de impacto. Gosto dessa possibilidade. Mas também gosto dos contos que poderiam ser romances, se tudo que não está dito fosse trazido à tona. Como também gosto do insólito, em que o impacto está na brusca escrita da última palavra sem explicações do que se narra. Dina Dominick explora com sucesso todas essas possibilidades de contos. Por vezes também é como se pegássemos uma conversa pelo meio e nos surpreendêssemos com o tanto de vida e conflito subjaz em uma rápida troca de palavras. Ao mesmo tempo nos coloca na mesma atmosfera de pequenos grandes detalhes, ora trágicos ora ternos, cotidianos. Gostei especialmente dos contos Tarde, Retalhos, A outra mulher, O que dizer sobre estas criaturas, A boca do diabo, Do lado dentro pela forma com que são escritos. O livro de estreia de Dina Dominick é uma grata surpresa e nos deixa com gosto de quero mais. Vale muito ler.”

Alice Casimiro Lopes

 

 Comentários

  Seja o primeiro a comentar!

 Produtos relacionados

 Receba Novidades